Ônibus com catracas altas serão tirados de circulação em Maceió, diz SMTT

A partir desta terça-feira (10) as empresas de ônibus que operam na capital alagoana têm até 30 dias para retirar as catracas altas.  De acordo com a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), passado o prazo, os ônibus que forem identificados com a catraca dupla serão apreendidos e impedidos de circular.

A SMTT vai regulamentar a lei que determina a substituição das catracas, estabelecendo os parâmetros dos novos equipamentos.

A retirada das catracas é lei e o assunto já foi discutido algumas vezes na Câmara Municipal de Maceió (CMM).

“Como tenho dito reiteradamente, as catracas altas são mais um constrangimento, humilhação e dificuldade impostos à população. O argumento do setor para manter as catracas era o da segurança, e ele não se sustenta”, pontuou o vereador autor da lei que determina a retirada das catracas, Silvânio Barbosa (MDB).

Com a aprovação da lei, no último mês de maio, a SMTT já tinha estipulado um prazo e solicitado um cronograma das empresas para a retirada das catracas, o que teria sido ignorado pelas empresas.

Em nota, a Superintendência informa que não recebeu os cronogramas e, por este motivo, mandará nesta terça-feira (10) um ofício dando prazo de 30 dias para retirada de todas as catracas. Após o prazo, as empresas receberão multa por descumprimento.

Veja também  Agências bancárias têm horário especial de funcionamento

Texto: Redação

Foto: Gilberto Farias

Compartilhe: