Prefeitura estimula a prática de atividades físicas

A Prefeitura de Maceió, por meio da Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude (Semelj), realiza o trabalho de fomento ao esporte e lazer em locais de grande escala populacional de Maceió. Além da instalação de equipamentos para a prática de atividade física em áreas públicas, o Município promove atividades inclusivas. Em abril, a Prefeitura lançou o Projeto de Estações de Treino Funcional, no bairro do Feitosa, oferecendo aos moradores atividades corporais, avaliação física, atividade de educação em saúde e orientação nutricional.

Além do Feitosa, o programa também irá contemplar os bairros de Fernão Velho, Canaã, Benedito Bentes, Pajuçara, Guaxuma, Vergel e o Conjunto Osman Loureiro, no Clima Bom. “É uma nova etapa da Semelj, da Prefeitura de Maceió, trazendo esporte, lazer, saúde e qualidade de vida para os bairros de Maceió. Iniciamos esse projeto no Feitosa e teremos equipes levando muita alegria para o pessoal de outras comunidades”, ressaltou o prefeito Rui Palmeira, na abertura do espaço.

Para receber o projeto Estações de Treino Funcional, cada distrito sanitário precisa ter um quiosque para fazer pequenos atendimentos e que esteja localizado em praças ou associações comunitárias.

O trabalho para garantir espaços para atividades físicas à população ganhou importante aliado em 2015, com a instalação da Academia Maceió, na orla da Jatiúca. O projeto, fruto da parceria entre a Prefeitura e o Banco Itaú, disponibiliza aparelhos de musculação para os maceioenses. O projeto conta com o apoio da Universidade Estácio de Sá, que firmou convênio para que os alunos da faculdade tenham oportunidade de estágio na academia. A parceria qualifica o serviço prestado à população e contribui para a formação desses estudantes.

Funcionando há três anos desde a inauguração, as aulas da Academia Maceió são divididas por turnos para atender o máximo de frequentadores possível. De acordo com os dados da coordenação, diariamente são atendidas aproximadamente 350 pessoas. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 6h às 10h e das 16h às 20h. Aos sábados, a academia funciona apenas no período da manhã.

Atividades na Academia Maceió. Foto: Max Monteiro/ Secom Maceió

Atividades na Academia Maceió. Foto: Max Monteiro/ Secom Maceió

Desde que conheceu o espaço, por meio de uma amiga, a bibliotecária Vera Paulino deixou o sedentarismo e tornou-se frequentadora da academia. “Estava sem fazer atividade física há algum tempo e uma amiga comentou sobre estar em uma academia na orla, que estava gostando do espaço, então, me motivei e vim conhecer. As aulas são boas e os profissionais são atenciosos, superando minhas expectativas”.

Veja também  Shopping Popular recebe programação da 10ª Semana do MEI

Além da Academia Maceió, a Prefeitura instalou onze Mobiliários Urbanos Esportivos (MUE) em alguns pontos da capital. “Nossa prioridade em Maceió é disponibilizar locais propícios para a prática de esporte e lazer entre os maceioenses, contemplando o máximo de regiões da capital. Temos pontos de treinamento na Jatiúca, Trapiche, Ponta Verde, Bebedouro, Jacintinho e outros locais”, comenta o gestor da Semelj, Daniel Mello.

Os Mobiliários Urbanos Esportivos (MUEs) são estações de ginástica e alongamentos feitos em aço galvanizado, resistentes à maresia e com estruturas de tubos retangulares, além de suportes para os exercícios com uso fácil e que pode ser compartilhado entre usuários.

Os equipamentos estão distribuídos na Praia do Sobral, Trapiche, Praça da Faculdade, dois pontos na Ponta Verde, Cruz das Almas, Jacarecica, Bebedouro, Benedito Bentes e Jacintinho.

Praia Acessível

Um dos compromissos que a Semelj tem com a população maceioense é promover a inclusão social por meio de ações e projetos de promoção da atividade física. Uma vez por mês, a Secretaria realiza o Praia Acessível, que oferece lazer e desporto adaptado para a Pessoa com Deficiência (PCD), incluindo o banho de mar assistido, em cadeiras anfíbias, bocha adaptada, stand up padle, aulas de zumba e fitdance, basquete adaptado para cadeirantes, entre outras atividades.

Projeto Praia Acessível.  Foto: Marco Antônio/ Secom Maceió

Projeto Praia Acessível. Foto: Marco Antônio/ Secom Maceió

O trabalho de acessibilidade é realizado na Praia de Pajuçara, em parceria com instituições sociais e a Faculdade Maurício de Nassau. De fevereiro até maio, a Semelj realizou quatro edições, atendendo aproximadamente 300 pessoas, entre PCDs e responsáveis. Durante as prévias carnavalescas, o órgão preparou uma edição especial chamada Praia Acessível na Folia, proporcionando um carnaval adaptado aos participantes.

Para participar do Praia Acessível, basta estar vinculado a alguma instituição cadastrada na Semelj ou fazer a inscrição no dia previsto para a realização do projeto.

André Miranda (estagiário)/ Ascom Semelj

Fotos: Marco Antônio/ Secom Maceió

Compartilhe: