Sobe para 175 o número de mortos no Japão e 87 estão desaparecidos

Só na região de Hiroshima morreram 71 pessoas, segundo o último balanço. A maioria das mortes é registrada em Hiroshima (oeste) e Okayama e Ehime (sudoeste).

As precipitações recordes que caem desde quinta-feira passada (5) no arquipélago japonês provocaram inundações e deslizamentos de terra, especialmente graves nas cidades de Hiroshima e Ehime, onde o fenômeno meteorológico arrasou milhares de casas e deixou vários povoados completamente isolados.

A catástrofe já se transformou em uma das piores no país desde as chuvas registradas em 1982, que deixaram cerca de 300 mortos.

Fonte: Agência Brasil com informações da NHK, agência pública de notícias do Japão

Foto: Issei Kato/Reuters

Compartilhe:
Veja também  Vai a 141 o nº de mortos por chuvas e deslizamentos de terra no Japão