Feira de Ciências da Educação Básica de Alagoas oferece bolsa de iniciação científica para participantes

Professores e estudantes da rede pública e privada de ensino de Alagoas têm até o dia 20 deste mês para inscrever seus trabalhos na 3ª edição da Feira de Ciências da Educação Básica de Alagoas (Experiment-AL). Para isso, basta acessar o site www.experiment.al.gov.br. e se preparar para apresentar projetos de pesquisa e concorrer a uma bolsa de iniciação científica durante 12 meses.

A Feira é uma realização da Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (Secti) e da Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapeal). Todo processo de inscrição é gratuito. Podem participar estudantes do ensino fundamental e médio das escolas públicas e privadas de Maceió e do interior do Estado, alunos do ensino profissionalizante e da Educação de Jovens, Adultos e Idosos (Ejai).

Este ano, o tema principal da feira é “Inovação e empreendedorismo: soluções para cidades inteligentes”. O objetivo é estimular jovens cientistas das escolas de educação básica -públicas e privadas – do Estado à produção científica e tecnológica.  Os trabalhos selecionados serão apresentados de 04 a 07 de novembro, no bairro do Jaraguá, interagindo com a 9ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas.

Edições anteriores

Em 2016, a Experiment-AL contou com 116 projetos submetidos, 50 selecionados e a participação de 24% das escolas da capital e 76% do interior do Estado. Foram cerca de 300 alunos, com seus professores/orientadores que expuseram experimentos, maquetes e projetos.

Veja também  Fapeal e CNPq unem ciência e negócios em edital de mais de R$ 1,5 milhão

No total, foram nove premiações, sendo três primeiros lugares do ensino fundamental e médio, professor e escola destaque e trabalho mais popular. Os alunos premiados em 1º lugar nas categorias Ensino Fundamental e Médio foram contemplados com bolsas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), por meio da Chamada MCTIC/CNPq/SECISnº20/2015.

2018

Em 2018, a Feira aconteceu durante o maior evento científico da América Latina, a 70ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), na Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Foram premiados seis estudantes, além da escola e professor destaque e o melhor trabalho eleito pelo voto popular.

 

Texto: Geysa Miranda

Foto: Ascom Secti

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe: