Rui Palmeira vistoria obras do Residencial Vale Bentes I

Na manhã desta quarta-feira (15), o prefeito Rui Palmeira acompanhou o andamento das obras do Residencial Vale Bentes I, no bairro do Benedito Bentes. As novas unidades, que serão destinadas a 500 famílias com renda de até R$ 1800, fazem parte do Programa Minha Casa Minha Vida, gerenciado pela Prefeitura de Maceió, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente (Sedet).

“As obras começaram em março deste ano e estão aceleradas. Para nós é motivo de muita alegria. Foram entregues recentemente cerca 800 unidades no Jorge Quintella. E já temos mais 6.600 mil novas moradias contratadas. Todos esses apartamentos serão entregues aos moradores de lugares insalubres. Isso significa dignidade para essas famílias. Estamos avançando para reduzir o déficit habitacional de Maceió”, frisou o prefeito Rui Palmeira.

O novo empreendimento conta com investimento de R$ 40 milhões. No total, serão 12 blocos de apartamentos, sendo oito por andar, de dois dormitórios, sala de estar e jantar, banheiro, cozinha e área de serviço.

O gestor da Sedet, Mac Lira, falou do empenho da gestão com o maior programa de moradias da história de Maceió. “As obras aqui do Vale Bentes 1 estão em ritmo acelerado, mas sem esquecer da qualidade. É compromisso da Prefeitura para a eliminação do déficit habitacional. Desde 2013, início da primeira gestão, a gente vem fazendo isso com muito foco. Nós estamos empenhados em construir outros empreendimentos. Com a entrega do Jorge Quintella, em 5 de julho, já são mais de 10 mil unidades”, destacou.

Veja também  Prefeitura entrega chaves do Residencial Morada do Planalto nesta sexta-feira

Joaquim Omena, engenheiro responsável pela execução dos serviços, falou sobre a evolução dos trabalhos no canteiro de obras. “A obra entrou na fase final de estrutura com mais de 35% de execução dos trabalhos. Em seguida, finalizaremos o acabamento. É bom citar que os serviços no Vale Bentes 2 já foram iniciados. A previsão é que os pavimentos sejam edificados a partir de setembro”, frisou.

Além de moradia digna, a construção de residenciais contribui para a geração de empregos. “Estou gostando do trabalho. Quero continuar aqui. Estava desempregado lá no interior”, falou o pedreiro Carlos Alexandre, que é de Paulo Jacinto, região do agreste alagoano.

Em apenas cinco anos de gestão, foram entregues sete empreendimentos: Residencial Ouro Preto (Ouro Preto), Residencial dos Vales (Rio Novo), Residencial Parque dos Caetés (B. Bentes), Residencial Morada do Planalto (Benedito Bentes), Residencial Maceió I (Cidade Universitária), e Residencial Jorge Quintella (Benedito Bentes). Ao todo, 10.032 unidades habitacionais já foram entregues.

Fonte: Secom Maceió

Compartilhe: