Empresa chinesa de fibra de vidros sinaliza interesse para instalar unidade em Alagoas

A relação mais próxima com o mercado internacional Chinês começa a render resultados de negócios promissores para o Estado. Em visita ao Brasil, o diretor financeiro global do grupo CPIC, Chin Bin, esteve em Alagoas para um encontro com o governador Renan Filho e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Rafael Brito, com a proposta de debater a possibilidade de instalação de uma unidade da empresa na região.

Em alinhamento a essa indicativa, o grupo também esteve reunido com o superintendente do Banco do Nordeste em Alagoas, Pedro Ermírio, a fim de estudar caminhos e estratégias para expansão da sua atuação no país. Com planta já em funcionamento na cidade de Capivari, em São Paulo, o grupo foi o primeiro fabricante a produzir fibra de vidro do tipo E pelo processo de fusão direta na China, que tem boa resistência à tração e boa rigidez em relação à flexão, e hoje é uma dos principais produtores do material no mundo.

Grupo chinês CPIC, um dos principais fabricantes de fibra de vidro no mundo, pode instalar uma unidade de produção em Alagoas (Foto: Kaio Fragoso)

“Nossa missão à China já nos antecipa um cenário de prospecção para Alagoas, estamos definitivamente no páreo e no radar de grandes empresas nacionais e internacionais. Além de apresentar uma indicação muito positiva para instalação aqui na região, a CPIC ainda não sinalizou negociação com nenhum outro estado, o que mostra mais uma vez nosso diferencial competitivo com uma política de incentivos sólida e eficaz diante do mercado”, destaca o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito.

Veja também  Prazo para lista de espera do Prouni termina nesta segunda-feira (10)

Missão China

Entre os dias 22 e 26 de julho, uma comitiva do Governo de Alagoas realizará uma missão técnica à China, com o objetivo de ampliar e aprofundar a prospecção de novos empreendimentos em setores estratégicos para o Estado. Na visita ao país asiático, a comitiva alagoana se reunirá com empresários locais para discutir as possibilidades de investimento, além de realizar visitas técnicas a indústrias de estados diferentes a fim de promover a integração entre os representantes dos dois países.

 

Texto: Rafaela Pimentel

Foto: Kaio Fragoso

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe: