Presidência: cerca de 40% dos brasileiros não votarão nas eleições

A maioria dos eleitores brasileiros não vai votar nas eleições para a Presidência da República, segundo a última pesquisa do DataPoder360, divulgada nacionalmente nessa quarta-feira (04).

O estudo trouxe um dado preocupante: o maior percentual da pesquisa é a taxa de “não voto”, de 40% a 42%, a depender do cenário testado, eleitores dizem que votarão em branco ou nulo, que estão indecisos ou não respondem.

Conforme o DataPoder360, existe também uma grande indecisão por parte dos eleitores: Jair Bolsonaro (PSL) aparece na liderança isolada em cenários sem Lula e cinco candidatos embolados em 2º lugar, com leve vantagem para Ciro Gomes (PDT).

O desinteresse pelas disputas eleitorais tem sido uma tendência. No Tocantins, em junho de 2018, a taxa de “não voto” foi de 52% em uma eleição suplementar para governador. No Amazonas, que também escolheu um governador tampão em 2017, o “não voto” ficou perto de 40%.

De acordo com o DataPoder360, foram realizadas 5.500 entrevistas por meio de telefones fixos e celulares, no período de 25 a 29 de junho. Os telefonemas foram dirigidos para 229 cidades em todas as regiões do país. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O registro do estudo no TSE é BR-05297/2018. A pesquisa completa pode ser conferida aqui.

Veja também  Copa de 2022 pode ajudar Brasil a aumentar negócios com Catar

Metodologia

O DataPoder360 faz suas pesquisas por meio telefônico, a partir de uma base de dados com dezenas de milhões de números fixos e celulares em todas as regiões do país. A seleção dos números discados é feita de maneira aleatória e automática pelo discador.

O estudo é aplicado por meio de um sistema IVR (Interactive Voice Response), no qual os participantes recebem uma ligação com uma gravação e respondem a perguntas por meio do teclado do telefone fixo ou celular.

Só são consideradas as ligações nas quais o entrevistado completa todas as respostas. Entrevistas interrompidas ou incompletas são descartadas para não produzirem distorções na base de dados.

Texto: Redação com informações do DataPoder360

Foto: Reprodução / DataPoder360

Compartilhe: