Últimos dias para projetos sociais buscarem apoio da Algás em sua realização

Texto de Vitória de Alencar

Estes são os últimos dias para quem planeja participar da terceira edição do Edital Algás Social. Todo o processo de inscrição na edição 2018-2019 do edital é realizado via internet, com os envios das propostas de forma inteiramente digital para facilitar o preenchimento do formulário pelos proponentes. O prazo para envio das inscrições vai até o dia 5 de julho, às 17h do horário de Brasília.

O edital vai contemplar até quatro projetos sociais das áreas de cultura, educação, esporte, meio ambiente ou saúde com valores de até R$ 30 mil para cada selecionado. Dessa maneira, serão R$ 120 mil procedentes de recursos próprios da Companhia destinados para as iniciativas, que serão selecionados em 2018 para execução durante o ano de 2019.

“Entendemos esse processo de seleção via edital como um meio de tornar mais amplo e democrático o patrocínio por parte da Companhia a projetos sociais em prol da cultura, educação, esporte, meio ambiente e saúde desenvolvidos dentro de Alagoas”, afirma o diretor presidente da Distribuidora, Arnóbio Cavalcanti.

Os interessados em se inscrever podem acessar o site www.algas.com.br/editalsocial, onde é possível encontrar o edital na íntegra e link para a plataforma de inscrição. As propostas recebidas serão avaliadas por uma comissão de seleção formada por três avaliadores externos, representantes de Alagoas ou de outros estados do Nordeste, e um avaliador interno representando a Algás.

Veja também  Prazo para vacinação contra febre aftosa encerra nesta quarta (31)

Edição 2017-2018

Na segunda edição do Edital Algás Social, foram recebidas quase 70 propostas de projetos sociais. Os projetos selecionados em 2017, e que estão em processo de execução durante todo o ano de 2018, são: “Salvaguarda do filé alagoano: manutenção do saber-fazer tradicional através de oficinas de repasse”, do Instituto do Bordado Filé da Região das Lagoas Mundaú Manguaba – Inbordal; “Mostra Sururu de Cinema Alagoano” da Associação Artística Saudáveis Subversivos; “Mostra NAVI nas comunidades”, da Associação dos Artistas de Massaranduba; e “Festival de Teatro de Alagoas – Festal”, da Associação Artística Cia. do Chapéu.

Fonte: Agência Alagoas

Foto: Ascom Algás

Compartilhe: