Arranjos Produtivos Locais capacitação a agricultores de Palmeira dos Índios

Texto de Rhayller Peixoto

Os participantes da Feira da Agricultura Familiar de Palmeira dos Índios recebem, durante os próximos três meses, oito capacitações direcionadas ao estímulo à comercialização de seus produtos. Os encontros são quinzenais e acontecem as quintas-feiras a partir das 7h30 na sede da Junta Comercial do município, localizada no bairro Centro.

Fruto de uma parceria entre a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), Sebrae e Prefeitura local, as reuniões ofertam oficinas que trabalham da gestão de propriedade à comercialização de produtos em feiras livres e políticas governamentais de agricultura familiar. Serão contemplados 20 agricultores, sendo oito deles parte da Associação dos Produtores de Hortaliças do Sítio Santo Amaro, zona rural de Palmeira dos Índios.

Para o gestor do APL de horticultura Humberto Sant’Anna, as capacitações podem se desdobrar em novos formatos de comercialização dos produtos. “Nosso objetivo é organizar uma feira sustentável e permanente dentro do município, onde os agricultores possam montar melhor suas bancas e fornecer um bom atendimento ao cliente”.

A assistência fornecida aos beneficiados pelo Programa de Arranjo Produtivo Local (PAPL’s) no agreste é um meio importante para a emancipação financeira dos produtores rurais. Em Alagoas, esse acompanhamento é feito pela Sedetur e entrou em uma nova fase recentemente com o lançamento do Programa Alagoas maior, que tem o objetivo de preparar os associados para a fase final de comercialização de produtos, garantindo melhores condições de cultivo e ampliando as possibilidades de vendas.

Veja também  Alagoas terá R$ 2,6 milhões para investir no ensino fundamental

Fonte: Agência Alagoas

Foto: Kaio Fragoso

Compartilhe: